Tem Mofo na Sua Casa? Você Está Correndo Riscos!

05.09.2018

O mofo aparece quando existe muita umidade no local e pode se espalhar facilmente pelos cômodos de uma casa em armários, paredes, roupas, gavetas, entre outros. Mesmo que você não consiga ver nenhuma mancha visível, o cheiro desagradável denuncia a presença de mofo.Além do cheiro e das manchas desagradáveis, este fungo pode prejudicar a saúde e provocar reações alérgicas. 

Sabe os tão temidos problemas respiratórios? Pois bem. Saiba que o mofo é um dos grandes agentes causadores dessas enfermidades. Micose broncopulmonar alérgica, asma, rinite e sinusite são os principais problemas de saúde provocados pelo mofo.​

 

O mofo é um fungo mais comum no inverno, quando a velocidade do vento e a evaporação diminuem, e a umidade do ar aumenta. Pessoas com  problemas respiratórios, como asma ou rinite, sofrem muito, contudo não são as únicas.

O aparelho respiratório é o mais prejudicado pelo mofo, por esta razão, deve-se eliminar o mais rápido possível.

 

 

Primeiramente, o cheiro forte do fungo pode causar irritação nas vias aéreas, porém com o passar do tempo às alergias e infecções mais graves se desenvolvem. Os problemas mais comuns causados pelo mofo são:

 

1- Rinite

É a que mais atinge as pessoas entre as alergias respiratórias. Normalmente ela se inicia ainda na infância, principalmente quando a criança fica exposta por muito tempo em ambientes com proliferação de ácaros e mofos. Os principais sintomas são coriza, coceira no nariz e nos olhos, congestão nasal, espirros e dor de cabeça.

 

2- Asma

A asma alérgica pode surgir de maneira rápida ou lenta, dependendo do paciente. Seus sintomas são semelhantes ao da asma “comum”, que incluem falta de ar e tosse.

 

3- Micose bronco pulmonar alérgica

Seus sintomas mais comuns são falta de ar, tosse com expectoração, febre inferior a 38,5°, dores no corpo e desânimo. Esta doença é semelhante a uma pneumonia mais leve.

 

4- Sinusite

Esta doença alérgica atinge muitas pessoas que vivem em regiões de clima seco. Dor no rosto ou na cabeça, nariz entupido, coriza, tosse, queimação na garganta, mau hálito e falta de ânimo são suas principais sintomas.

 

São muitos os perigos do mofo para a saúde. O pior é que ele é muito negligenciado por quase todos. Você pode não ser capaz de ver ou sentir o cheiro, mas esse fungo pode estar crescendo em sua casa e pode ser o motivo de você se sentir doente.

 

Não é fácil diagnosticar alguém com toxicidade causada pelo mofo, pois este problema pode ser confundido com muitas outras condições e os sintomas são inespecíficos, mas o fato é que o mofo é um grande inimigo da saúde.

 

PESSOAS COM MAIOR RISCOS

Mulheres grávidas, bebês e idosos estão entre os que mais sofrem com este tipo de problema. Os esporos produzidos pelo mofo podem dar início ou agravar casos de asma, além de transmitir bactérias que podem causar infecções graves. Com a umidade e o calor, é comum o aparecimento de mofo nas paredes da nossa casa ou em cantos úmidos.

 

COMO EVITAR?

   Para combatê-lo, fique atento a qualquer infiltração de água. A umidade é o maior criadouro de mofos. Contrate um pedreiro e um pintor para acabar com o mofo do seu ambiente. Casa bem arejada e limpa também é evita substancialmente a formação do mofo.

   Hoje já se encontra produtos antimofo bastante eficientes nos principais supermercados. Antes de passar o produto, limpe o teto ou paredes com a solução de água sanitária e água, retire todo o excesso de mofo e aplique o produto, conforme orientação do fabricante. Mas os produtos não terão efeito algum se a fonte do mofo for uma infiltração e ela não for resolvida.

 
 
Please reload

Posts Em Destaque

Tem Mofo na Sua Casa? Você Está Correndo Riscos!

May 9, 2018

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags